Receba conteúdos EXCLUSIVOS sobre Marketing Digital (é grátis!)

SEO

Como colocar seu site em primeiro no Google sem mistério?

Ficar-Primeiro-no-Google

Quem não quer aparecer nos primeiros resultados orgânicos nos sites de busca? Afinal, é uma das principais e mais eficientes estratégias do marketing digital para fazer com que potenciais clientes encontrem sua empresa. Mas como fazer isso? Será que seu site pode chegar ao primeiro lugar no Google? Não tem mistério, descubra agora mesmo!

Utilizar todo o potencial do Google é essencial para ter sucesso e bons resultados no meio digital. Essa é a plataforma que as pessoas utilizam diariamente para tirar dúvidas, solucionar problemas e procurar por todo tipo de coisa.

De acordo com a própria empresa americana, cerca de 3,3 bilhões de buscas são feitas todos os dias. Quase 100 bilhões de buscas por mês. Várias delas com usuários procurando por algo que você tem a oferecer!

Trata-se de uma grande oportunidade para fazer negócios com um custo-benefício bem melhor que o dos meios tradicionais. A estimativa é que 90% dos processos de compra começam ou passam por uma busca online. Ou seja, é um fator que influencia – e muito – nos resultados.

Mas para fazer do Google um grande parceiro, seu site tem que estar bem ranqueado para palavras-chave interessantes para o negócio. Mais que bem ranqueado, na verdade: o primeiro lugar deve ser sempre seu foco.

Por quê? Segundo pesquisas feitas pela Hubspot, 90% dos cliques dos usuários são feitos só na primeira página dos resultados. A Chitika vai além e afirma que mais de 60% dos cliques são dados apenas nos três primeiros resultados: 32,5%, 17,6% e 11,4%, respectivamente.

grafico-porcentagem-cliques-buscas

"A segunda página do Google é o melhor lugar para se esconder um cadáver", costumam brincar alguns especialistas de SEO ("otimização para os mecanismos de busca", em português). Os números citados acima não os deixam mentir!

Chegar ao topo exige trabalho, investimento e que você esteja atento a alguns detalhes importantes. Saiba, também, que não há milagre e que a concorrência é grande.

Então vamos ao checklist de coisas essenciais para vencer a disputa e alcançar o primeiro lugar no Google!  Você está disposto a comprar essa briga?


Site matador

Você quer que as pessoas encontrem a página da sua empresa, não? Então é importante que seu site seja matador! Quem acessá-lo deve ter uma experiência positiva e encontrar aquilo que estava procurando da melhor forma.

Seu site tem um design de qualidade e voltado ao usuário? A navegação é intuitiva? É fácil de achar a informação desejada?

O tempo de carregamento merece atenção redobrada. Cerca de 40% dos usuários saem de um site caso tenham de esperar mais de 3 segundos para ele abrir. E a taxa de rejeição vai parar na estratosfera...

Aspectos técnicos como esses tem que estar bem alinhados. Caso contrário, sua estratégia de atrair potenciais clientes vai por água abaixo.

Dica

Muitas empresas de desenvolvimento de sites e webdesigners prometem um produto e, na prática, acabam entregando algo de qualidade muito inferior. Tudo por não ter a qualificação necessária.

Por isso, tome cuidado quando estiver procurando alguém para fazer seu site. Pesquise, veja os cases, analise bem os trabalhos realizados e tenha certeza de que isso não te trará dores de cabeça no futuro.

O investimento a ser feito para ter um site matador começa em R$ 6 mil, dependendo do que você deseja. Caso o valor seja menor, desconfie.


Sempre ele, o conteúdo

Seu site pode ter uma aparência legal e uma boa usabilidade... mas, sem produção de conteúdo, nada disso adianta para chegar ao primeiro lugar no Google. Como já falamos em outro post: o conteúdo é rei e é com base nele que tudo funciona.

Os textos, vídeos e infográficos – ou qualquer que seja o formato – são próprios e exclusivos? O material é relevante e tem boas informações? Supre as necessidades e expectativas do usuário? O conteúdo precisa ser bem pensado!

Além disso, as palavras-chave são trabalhadas na construção do texto de forma adequada? O SEO auxilia bastante nisso. Lembre-se que a as pessoas vão buscar por esses termos específicos lá no Google.

keywords-seo

Atente também para outras questões: os títulos e descrições estão otimizados e contam com as palavras-chave relevantes? As URLs são descritivas e curtas? As heading tags (H1, H2, H3,...) estão sendo utilizadas corretamente? Todos esses fatores influenciam no ranqueamento.

Dica

Uma forma de sempre ter conteúdo novo no seu site é com a criação de um blog. Mas não basta coloca-lo no ar para ter resultado, é preciso fazer um trabalho constante.

É necessário que a produção de conteúdo seja periódica, com post novo pelo menos uma vez por semana. Esses textos precisam ser originais, jamais copie de outros sites. Além disso, devem sempre ter linkagens para outras páginas do seu site.

O investimento aproximado para esse serviço, com a inserção de quatro posts por mês, é de R$ 1.200 mensais.

Curso de mídias sociais


Link: um voto de confiança

Algo que “separa os homens dos meninos” – e os primeiros colocados nas buscas dos demais – é a linkagem de uma página. O Google leva isso bem a sério ao classificar o que é um site bom e um não tão bom.

link-building

Existem outros domínios na internet que te indicam? Eles têm links para seu site? Esse fator externo tem grande importância e funciona como uma espécie de “voto de confiança”.

Cada link serve para mostrar ao algoritmo do Google que a sua página é relevante e ajuda a desenvolver a autoridade da sua empresa no meio digital.

E quanto à linkagem interna? Suas páginas linkam para outras do seu próprio site e criam uma conexão? É mais um ponto a se considerar.

Dica

Caso seu trabalho de produção de conteúdo seja bem feito, naturalmente outras pessoas irão linkar para o seu site. Irão compartilhar para que os amigos vejam seu post. Assim, o investimento feito no item anterior já terá auxiliado nesta questão.

Existem ainda outras formas, como o chamado “guest post”: escrever em sites e blogs de parceiros. Uma consultoria em SEO também traz resultados nesse aspecto (vide o artigo de cases de marketing digital), com um investimento que parte de R$ 1.700 mensais para um trabalho inicial.

O próximo item também é importante para a construção da sua rede de links. Fique ligado!


Socialize já

Tem como sua empresa ter sucesso na internet sem marcar presença nas mídias sociais? Pois saiba que estar nas redes também é importante para chegar ao topo nas buscas do Google. O sucesso em um meio pode ajudar a impulsionar o outro.

social-media-seo

Seja no Facebook, Twitter, Instagram, LinkedIn... sua empresa é ativa e faz um trabalho nas mídias que são interessantes para o negócio? Como é o seu conteúdo nessas plataformas?

Você está no Google+ também? Apesar de não ter emplacado, a rede social da empresa americana é levada em consideração e conta pontos para o ranqueamento do site.

Cerca de 92% dos usuários de internet no Brasil estão conectados em algum tipo de rede social, de acordo com dados atualizados. Pense sempre nesse potencial de mercado.

Dica

Para ter resultados nas redes sociais... produza conteúdo específico para as redes sociais! Faça postagens com uma linguagem adequada a esse meio e ao público. Sempre mantenha uma frequência, conforme um planejamento pré-determinado.

No caso do Facebook, alguns posts devem ser impulsionados para ter um melhor desempenho. Ainda mais porque o algoritmo da rede social diminuiu o alcance orgânico dos posts consideravelmente nos últimos tempos.

O investimento aproximado para um trabalho direcionado a mídias sociais, com cinco postagens por semana em pelo menos duas redes, é de R$ 1.400 mensais. Ah, não se esqueça de destinar um orçamento para impulsionar os posts!


Acesso mobile

A expansão do meio digital mudou o comportamento dos consumidores. E, cada vez mais, também muda como as pessoas acessam a própria internet. O mobile é uma realidade e seu site precisa estar adequado a esse formato.

No Brasil, 66% dos usuários acessam a internet pelo celular. Um número alto e que já compete com o computador, utilizado por 71% das pessoas. Sua empresa está atendendo bem essa demanda?

mobile-site-responsivo

Como 9 em cada 10 usuários de smartphone do mundo inteiro fazem pesquisas com o Google, o algoritmo do buscador está antenado e leva em consideração se um site é responsivo ou não ao ranquear as páginas.

Dica

Não se esqueça da versão mobile! Para que os usuários tenham uma boa experiência, além de ajudar no ranqueamento, faça um site responsivo para sua empresa.

O investimento para ser “friendly mobile” varia de acordo com o tamanho do site. De qualquer forma, o valor deve partir de R$ 3 mil.


Ou seja...

Não acredite em milagre e resultados instantâneos que muitos prometem atualmente. Isso não existe, qualquer “fórmula secreta” é furada. Trabalho constante e investimento são as únicas formas de alcançar o topo nas buscas!

A dificuldade de ranqueamento e nível de investimento vão variar de caso para caso, do nicho de mercado e da concorrência. Mas com um orçamento inicial de R$ 4.300 mensais você terá um trabalho completo de produção de conteúdo, redes sociais e SEO. Além disso, ter um site matador e responsivo não sai por menos de R$ 9 mil.

Mas todo o esforço e investimento para estar bem ranqueado valem a pena e trazem bons resultados. E então, pronto para começar a caminhada até o primeiro lugar no Google?

Se gostou do artigo, não esqueça de recomendá-lo e compartilhá-lo nas redes sociais! Esse feedback positivo nos motiva a produzir, cada vez mais, novos conteúdos de qualidade para você.

Continue acompanhando o blog da CreativeBizz e fique por dentro de dicas e novidades do marketing digital. 

Até a próxima!

Marketing com foco em resultado