Receba conteúdos EXCLUSIVOS sobre Marketing Digital (é grátis!)

Mídias Sociais Snapchat

Como usar o Snapchat nas empresas?

Como usar o Snapchat nas empresas?

Cores amarelas vibrantes e um fantasminha como símbolo. Provavelmente, você já ouviu falar no Snapchat, não é? Nos últimos anos, o aplicativo trouxe uma nova configuração para o compartilhamento de fotos e vídeos.

O que faz sua graça é a efemeridade: é possível transmitir e receber conteúdo multimídia instantaneamente para seguidores. Além disso, o app permite que você selecione amigos específicos para receber o conteúdo com uma duração de até 10 segundos ou, se preferir, publicar por 24 horas para todos os seguidores na seção “Minha História”.

Mais recentemente, o “Snap” (como muito é chamado) criou a funcionalidade da criação de grupos, na qual o usuário pode selecionar um conjunto de amigos para enviar seus conteúdos e restringir o quê envia e para quem envia. O “Nossa História”, categoria ainda mais recente, também permite o compartilhamento de conteúdo direcionado: dessa vez, para um evento. O recurso foi amplamente usado nas Olimpíadas do Rio.

Tudo é muito dinâmico: você pode customizar seus conteúdos com as mais variadas opções de edições. Quando tiramos uma foto pelo Snapchat, é possível desenhar e escrever com pincéis, colar “emojis” e, ainda, usar filtros de horários, velocidade e localização.

Já pensou em aproveitar ao máximo os recursos que o Snapchat e conversar com os clientes da sua empresa de uma forma diferente? A gente tem várias dicas para você!

 

Filtros de Comunidade x Filtros Sob Demanda

Quando pensamos em utilizar uma ferramenta de criação que tem um filtro geolocalizador - ou seja, que funciona apenas em determinada região ou local de uma cidade - temos duas opções: os filtros de Comunidade e filtros Sob Demanda.

Os Filtros de Comunidade são aqueles que representam lugares públicos, pontos turísticos, bairros, cidades e universidades. Nesse tipo de filtro, não são permitidas as aplicações de logos ou marcas e o conteúdo passa por uma avaliação do aplicativo. Caso sejam aceitos, o Snap disponibiliza para todos os usuários da região utilizarem! Não é permitido pagar por esse tipo de serviço, ou seja, não serve para anunciar.

Olhe como eles ficam legais no seu Snap:  

         16683309_1594619070550018_96650786_n.jpg  16684549_1594619060550019_626482478_n.jpg

 

Já os Filtros Sob Demanda são aqueles que podem ser usados pelas empresas: com um custo de publicação baixíssimo e de fácil produção, o recurso está sendo usado em bares, restaurantes e eventos que possuem uma alta circulação de pessoas. Um usuário que utiliza o seu filtro, expande a sua marca para toda a lista de contatos dele de forma não-invasiva  e pessoal. É como escrever um depoimento de recomendação da marca com fotos e vídeos.

 

Como produzir um Filtro Sob Demanda?

Antes de começar, é importante saber que o arquivo que é aceito pelo Snapchat é de 1080 pixels de largura por 920 pixels de altura, em formato PNG e menos de 300KB. Mas, se você não entende muito de Photoshop, Illustrator e afins, não se preocupe: a plataforma também oferece um editor online para montar o seu próprio filtro.

Após selecionado o arquivo, você deverá escolher a área e período que o seu filtro ficará disponível!

IMPORTANTE: O valor que você pagará é determinado principalmente pela área escolhida para o filtro funcionar. Então é primordial que você escolha apenas onde o público estará.

Definiu sua estratégia? Colocou os dados de pagamento? Agora é o momento de aguardar a aprovação do aplicativo, que lhe será enviado por email. Mas, não se preocupe. Seguindo as guidelines, com certeza sua arte será aprovada!

 

A Creative também fez!

Na edição de 2016 do nosso evento anual de Marketing Digital, o GoDigital, disponibilizamos por dois dias o filtro do Snapchat para os participantes do evento, e a ação trouxe resultados muito positivos.

Olha só como ficou:

snap_GoDigital.png

Os resultados:

Em 34 horas de duração, o nosso filtro teve 65 usos e 2.054 visualizações. Ou seja, mais de 2 mil pessoas foram impactadas com a nossa marca, com um investimento de apenas $18,59.

usosXvisualizações.png

cobertura e período.png

 

Conheça um pouco da história do Snapchat

O Snapchat, aplicativo de fotos e mensagens instantâneas, ganhou popularidade em 2013 – mesmo tendo sido criado já em 2011 pelo jovem americano Evan Spiegel. Estudante de design de produto em uma das mais prestigiadas universidades dos Estados Unidos, Evan sentiu a necessidade de compartilhar fotos e vídeos em tempo real com seus amigos.

Por conta disso, teve a brilhante ideia de criar algo inovador que até então não existia no mercado: uma forma rápida de compartilhar momentos sem precisar utilizar a memória do celular para registrá-los ou até mesmo perder tempo enviando-os em aplicativos de mensagens, por exemplo.

Além da facilidade de compartilhamento que o aplicativo Snapchat permite, é possível ainda colocar os melhores filtros para deixar ainda mais atrativas as imagens e escrever comentários por meio de mensagens privadas.

Justamente por ser um aplicativo bastante interativo e que preza pelo compartilhamento de experiências, ganhou espaço como as redes sociais queridinhas dos jogadores de futebol, blogueiras e cantores em todas as partes do mundo.

O Snapchat se tornou um canal de comunicação informal que os aproxima de seus seguidores sem que seja necessário os dois usuários serem amigos na rede social. Ou seja, é possível seguir um jogador de futebol sem que ele também te siga; é preciso apenas que ele aceite o convite para que o usuário comece a ver suas fotos e vídeos.

Por causa dessa aproximação que o Snachat proporciona, sua popularidade se acentuou também como um canal de comunicação e extensão. Os bastidores de um evento importante, por exemplo, pode ser compartilhado por meio do aplicativo, sendo um canal complementar àquilo que está sendo transmitido em um programa de televisão.

Apesar de todas as vantagens do aplicativo, ainda existem dúvidas quanto à segurança das informações. Afinal, o Snapchat é seguro? Desde que você esteja consciente do que compartilha com as pessoas, o aplicativo pode sim ser considerado seguro.

A questão é: uma vez que qualquer pessoa tem o poder de acessar suas fotos e vídeos (se você permitir, é claro!), você estará exposto. Mesmo que seja um aplicativo onde os arquivos postados desaparecem em 24h e não possam ser salvos, ainda assim é possível alguém tirar print screen da tela. Quando isso acontece, o dono da conta é notificado, mas isso não impede que a ação seja feita.

De qualquer forma, são aceitas as pessoas que você deseja que vejam suas "histórias" e isso dá a liberdade para que cada usuário mostre o que desejar à quem desejar.


Agora é a sua vez: coloque a mão na massa e colha os frutos dessa ação jovem, barata e inovadora e diferencie a maneira como a sua empresa se comunica nas redes!

 

Marketing com foco em resultado

Mais populares