Receba conteúdos EXCLUSIVOS sobre Marketing Digital (é grátis!)

Adwords

8 passos para fazer uma campanha de Adwords sem ser especialista

Campanha-Adwords

"Quem não é visto não é lembrado" é uma expressão que define bem o que é marketing digital hoje. Também é o que justifica o porque de tantas empresas estarem apostando em formas de divulgação online. Ninguém quer estar fora da internet e ver um concorrente "nadar de braçadas" no mercado.

Dentre as estratégias digitais, uma das mais populares sem dúvidas é o Google Adwords. Primeiro, pela eficiência e pelos resultados gerados; depois, por permitir que qualquer um comece a investir mesmo sem ter conhecimento mais aprofundado em marketing ou na plataforma.

Mas se qualquer um pode investir em links patrocinados, como fazer para criar campanhas próprias de qualidade e que, efetivamente, gerem resultados para o negócio? 

É o que iremos apresentar a seguir com 8 passos fundamentais para quem não é especialista e está começando a se aventurar no Adwords! Vamos nessa?!

 

1. Entenda a importância da estratégia

Antes mesmo de sentar em frente a um computador e abrir o Google Adwords para criar as primeiras campanhas, o primeiro passo para fazer um trabalho de sucesso já foi dado: você e/ou sua empresa entenderam que investir em marketing digital deixou de ser um “luxo” para se tornar uma necessidade.

Quando se sabe que mais de 100 bilhões de buscas são realizadas por mês no Google, é difícil aceitar ficar fora do bolo. Já imaginou quantas dessas procuras têm relação com o produto ou serviço da sua empresa?

Pois é, é um universo enorme que você pode explorar. Existem inúmeras possibilidades para se atingir mais clientes e aumentar seu faturamento. Algo inimaginável até pouco mais de 10 anos atrás.

Entender que sua empresa deve estar na internet é importante, mas só isso não basta. Isso qualquer um faz. Para se destacar você precisa realizar um trabalho responsável e profissional neste meio - independente se contratará uma agência especializada ou fará tudo internamente.

Caso contrário, todo o investimento estará sendo jogado fora e os resultados não aparecerão. Não tem milagre que mude isso.

 

2. Domine a ferramenta

Se você optou por criar as campanhas e investir por conta própria no Adwords, saiba que não está sozinho nessa. Muitas e muitas pessoas em todo o mundo começaram assim, do zero, e conseguiram gerar resultados por meio da estratégia.

Para chegar lá, porém, é fundamental que você aprenda a usar a plataforma do Google Adwords e entenda como tudo funciona. Quanto mais você dominar a ferramenta, melhor.

Ferramentas-Google-Adwords

Se você nunca mexeu na plataforma, essa é uma excelente oportunidade. Crie uma conta, entre no Adwords e comece a mexer intuitivamente para se ambientar com aquele ambiente. Explore o máximo possível e tente entender seu funcionamento.

O próprio Google possui uma Central de Ajuda do Adwords e um Guia para Iniciantes no Adwords que podem te auxiliar neste início de caminhada como anunciante. 

Se você gostar da brincadeira e desejar se aprofundar na área, nós te ajudamos a se tornar um analista de Adwords bem sucedido em outro post do blog. Vale dar uma olhada!

 

APRENDA MAIS: Curso de Adwords em Curitiba para se tornar um especialista!

  

3. Defina objetivos

Qual é o objetivo da sua empresa com uma campanha de Adwords? Se você pensou em dizer "vender mais", melhor nem perder seu tempo respondendo. Essa não é uma resposta válida aqui!

Não que aumentar as vendas não possa ser uma meta, mas vender mais é o objetivo de todo mundo que anuncia.

É preciso ir além dessa resposta padrão, é necessário ter parâmetros estabelecidos e KPIs (Key Performance Indicator ou simplesmente "indicadores-chave de desempenho") definidas para saber o que é vender mais e quais são os reais objetivos a serem alcançados.

Adwords-Vendas

Quer um exemplo?

Uma empresa de calçados que recebe 10 mil visitantes e vende 100 pares de tênis pelo site mensalmente, com uma taxa de conversão de 0,01%,  passou a investir em Adwords para alavancar as vendas.  

Se de um mês para o outro ela começar a ter 11 mil visitantes e a vender 110 pares de tênis, mantendo a taxa de conversão em 0,01%, não tem como questionar que numericamente não está "vendendo mais".

No entanto, esse crescimento em vendas é suficiente para justificar o investimento realizado? Mesmo o tráfego gerado não sendo qualificado como deveria? É uma estratégia sustentável? Qual é o ROI da campanha? Podemos fazer vários questionamentos aqui...

O certo a se fazer seria previamente traçar uma meta, fazer uma projeção de quanto o número de acessos e conversões deveria aumentar em X meses com um investimento Y para justificá-lo.

Desta forma, é possível fazer o controle do desempenho das campanhas e, por meio das KPIs, verificar se ela está funcionando da forma que deveria - ou se precisa de otimizações, como veremos mais adiante.

Resumidamente, saber para qual direção estamos remando para poder fazer as devidas modificações de trajeto e chegarmos ao destino desejado da melhor forma.

Outra observação importante: mais que ter um objetivo, é preciso ter um objetivo realista!


4. Quais são suas personas?

Quer começar suas campanhas no Adwords saindo na frente de muitos (muitos mesmo!) dos seus concorrentes? Não é preciso muita coisa: conheça seu público e desenvolva seus anúncios de acordo com os interesses das suas personas

Afinal, em meio a uma multidão como essa, uma mensagem não será recebida da mesma forma por todo mundo. Bem longe disso, na verdade... Um mesmo anúncio pode ser super interessante para um perfil de pessoa e ser a pior coisa do mundo para outro!

Personas

Conhecer seu público serve justamente para que você não faça uma campanha direcionada para a persona errada e jogue fora todo um investimento a toa.

 

Você não quer oferecer bananas para quem deseja comprar maçãs; também não vai anunciar cursos de inglês para quem quer aprender a falar espanhol. 

 

Da mesma forma, mesmo ofertando o produto certo, não falar "a mesma língua" do público é um grande problema.  

Ao desvendar qual é o perfil ideal de consumidor para sua empresa, assim como seus gostos e comportamento, sua campanha será muito mais certeira. Só assim você conseguirá identificar quais argumentos, palavras-chave e o foco dos anúncios a serem criados.

Tudo voltado para o usuário definido como "cliente perfeito", para atrair esse público qualificado para o seu site e potencializar a chance de conversão.

Ah, mas não se esqueça: sua empresa pode ter mais de uma persona, dependendo de qual é sua estratégia e quem deseja atingir/atrair.

 

5. Conheça o mercado

Antes de dar o pontapé inicial nos seus anúncios no Adwords é fundamental que você saiba onde está se metendo. Neste caso, assim como quando vamos abrir uma empresa, é preciso conhecer seus concorrentes e o comportamento do mercado no meio digital.

Como em uma luta de boxe, ao investir em Adwords você não pode entrar em ação achando que vai lutar sozinho. Além de ter seus "golpes", suas estratégias bem definidas, é preciso estar atento aos movimentos que os concorrentes estão fazendo para não acabar nocauteado por eles!

Concorrência-Adwords

Ao iniciar um trabalho de Adwords, analisar a concorrência é uma forma de entender melhor que tipo de estratégia está sendo utilizada pelas demais empresas e o que deve funcionar melhor.

"Deve", porque a partir desse levantamento é possível identificar os pontos fortes de cada concorrente e também as brechas que você pode explorar para se destacar neste meio.

Por isso, ao fazer suas pesquisas, pergunte-se coisas como: quais são seus concorrentes nos resultados pagos do Google? Que tipo de anúncios são feitos por eles? Quais são as landing pages dos anúncios? O público-alvo é o mesmo que o seu? No geral, o que pode ser melhorado?

 

6. Levantamento de palavras-chave

Como você já sabe, se existe uma coisa importante em uma estratégia de Adwords, elas são as palavras-chave. Afinal, todo o sistema da plataforma gira em torno delas e é com base nas keywords que a "mágica acontece" - no caso, que os anúncios são acionados e exibidos para os usuários.

Escolher as palavras-chave corretas é, portanto, um ponto fundamental para o sucesso da sua estratégia. É esse processo que irá definir se determinado termo é ou não adequado, se irá alcançar o perfil certo de usuário, se é um público qualificado, se irá converter... ou apenas "torrar" seu investimento sem qualquer tipo de retorno!

Palavras-Chave-Adwords-Keywords

Por todas essas variáveis é que a seleção de palavras-chave para a criação das campanhas vai muito além de escolher aquelas que você "acha que são interessantes". Simplesmente porque esses termos podem não ser conhecidos/utilizados pelos usuários (volume de busca irrisório) ou não serem tão qualificados quanto você imagina.

Ao colocar as mãos na massa e fazer um levantamento profundo de palavras, você aumenta as chances de acerto - com CPC mais em conta também, claro. Além das palavras-chave amplas que já tinha imaginado, você poderá encontrar variações interessantes e palavras de cauda longa com bom potencial de conversão. 

A própria plataforma do Adwords possui uma ferramenta para se fazer o levantamento e análise de palavras-chave a serem trabalhadas, o Google Keyword Planner.

Keyword-Planner.jpg

Outra opção interessante é o SEMRush, uma ferramenta que permite fazer uma análise completa de palavras-chave e dos seus concorrentes. Com ela, é possível saber dados gerais de cada keyword (volume de tráfego, CPC, concorrência, etc) e ainda descobrir quais são as principais palavras pagas, a posição e exemplos de anúncios dos concorrentes.

 

7. Mensure os resultados

Como já destacamos em outras oportunidades, um dos grandes diferenciais do marketing digital em relação aos meios off-line tradicionais é a possibilidade de se mensurar quase tudo. Então não deixe de utilizar o web analytics a seu favor: fique ligado às estatísticas das suas campanhas.

mensurando dados anaytics adwords

É por meio da mensuração de resultados que você terá um "termômetro" das campanhas que estão rodando. Com a análise das KPIs estabelecidas, é possível identificar o que está ou não dando resultado e o que pode ser melhorado para gerar os leads e conversões desejados.

São dados como o número de visitas obtidas, taxa de conversão, CTR (click through rate ou "taxa de clique"), CPC (custo por clique) ou CPM (custo por mil) que irão te dar um panorama geral do trabalho e das suas campanhas. 

Outros índices essenciais para comprovar a eficácia de uma estratégia são o ROI (retorno do investimento), o CAC (custo de aquisição do cliente) e o LTV (valor do tempo de vida do cliente), explicados mais detalhadamente neste post sobre a importância deles no marketing digital da sua empresa.

Todas essas informações é que irão orientar suas próximas ações e otimizações. É com base em dados e métricas concretas que você irá fazer mudanças nas campanhas, não apenas no "achismo". Isso torna tudo mais assertivo!

 

8. Otimize, otimize e... otimize

Após ter passado por todos os passos anteriores, você está próximo de fechar o ciclo da campanha de sucesso no Adwords

Você planejou, fez as análises e pesquisas necessárias, levantou novas palavras-chave, botou a mão na massa e criou seus anúncios. Após um período com tudo rodando, você ainda fez a mensuração dos resultados das campanhas para identificar o que funcionou bem e o que deixou a desejar. 

Ajustes-Adwords.jpg

Agora é chegada a hora de pegar todas as suas análises, verificar aquilo que pode ser melhorado ou não gerou os resultados esperados e fazer as devidas otimizações.

Com um ajuste ali e outro aqui, além de outra mudança acolá, o desempenho das campanhas irá subir. 

Apenas assim, adotando o processo fazer-analisar-otimizar como rotina, o seu trabalho de links patrocinados irá evoluir e trazer mais conversões. Repita esse processo o quanto for necessário, pois tudo não sairá perfeitamente conforme o planejado logo de cara!

 

Está na hora de começar!

Iniciar suas campanhas no Google Adwords não é um "bicho de sete cabeças", viu? Seguindo os conceitos listados em todos os passos acima, você estará largando na frente de muitos dos seus concorrentes de links patrocinados na busca pelos resultados digitais.

Afinal, alguns dos detalhes apresentados são constantemente esquecidos por quem anuncia. E são detalhes que fazem toda a diferença na hora de colher os frutos do trabalho, tais como utilizar as palavras-chave corretas ou conhecer o seu público - e falar a sua língua.

Caso tenha ficado com alguma dúvida ou tenha alguma consideração a fazer, entre em contato conosco na área de comentários no fim da página!

Se gostou dos 7 passos para se dar bem no Adwords ou conhece alguém que está começando a anunciar e pode se interessar por essas dicas, indique esse post a seus amigos e compartilhe nas redes sociais!

Não esqueça também de curtir a fan page da CreativeBizz no Facebook e se inscrever em nossa lista VIP para receber todas as novidades em primeira mão!

Um abraço e até a próxima!

Marketing com foco em resultado